Fraqueza muscular: o que pode ser?

Sintomas Postado em 23/12/2021

A fraqueza muscular é um sintoma muito comum no cotidiano, de causas diversas e caracterizado pela força reduzida em um músculo específico ou em vários músculos ao mesmo tempo. Muitas vezes a fraqueza muscular é confundida com a fadiga ou a debilidade de algum músculo, mas essas são condições originadas por motivos diferentes.

Ao perceber a falta de força em determinado músculo do corpo mesmo ao fazer esforço, é importante que a pessoa identifique a causa buscando um profissional da saúde.

O que é fraqueza muscular?

A fraqueza muscular pode ser definida pela falta de força em partes do corpo que é ocasionada por motivos que não estão claros à primeira vista. Ela pode evoluir gradualmente, afetando habilidades motoras.

A fraqueza muscular pode ser percebida na dificuldade em realizar atividades cotidianas, por exemplo:

  • Elevar os braços ao lavar ou pentear os cabelos e ao colocar itens em prateleiras acima da cabeça;
  • Subir e descer escadas, além de outras movimentações das pernas – como correr, pular e, em casos mais graves, andar;
  • Manusear objetos entre os dedos, como segurar um lápis;
  • Fazer movimentos com a face, como sugar, chupar e assobiar.

Para diferenciar:

Fadiga – se caracteriza pelo cansaço do músculo após este ter feito muito esforço, como por exemplo após exercícios físicos;

Astenia (ou debilidade) – consiste em uma sensação de cansaço ou exaustão na ausência de força muscular;

Fraqueza muscular – é um sintoma sem motivos aparentes, que caracteriza diversas condições de saúde e pode surgir por variadas causas.

Quais são as possíveis causas da fraqueza muscular?

Diversas são as causas envolvidas em casos de fraqueza muscular. Elas podem ser originadas por condições infecciosas, metabólicas, genéticas, inflamatórias, endócrinas, neurológicas, entre outras. Veja abaixo algumas delas.

Doenças neurológicas

  • Esclerose múltipla (EM);
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose lateral amiotrófica (ELA);
  • Acidente vascular cerebral (AVC); 
  • Hérnia de disco cervical;
  • Paralisia cerebral;
  • Tumor cerebral;
  • Síndrome de Guillain-Barré.

Doenças musculares

  • Distrofias musculares hereditárias;
  • Dermatomiosite.

Doenças metabólicas

  • Hiperparatireoidismo;
  • Diabetes descontrolada;
  • Doença de Addison;
  • Tireoide hiperativa.

Envenenamento

  • Botulismo;
  • Ingestão em excesso de inseticidas e gases tóxicos.

Outras doenças

  • Anemia;
  • Miastenia gravis;
  • Poliomielite;
  • Baixos níveis de magnésio ou potássio no sangue;
  • Câncer.

Atenção: a miastenia gravis é uma doença neuromuscular rara e pouco diagnosticada. Isso acontece por seus sintomas se confundirem com outras doenças, como esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica, e pela dificuldade dos pacientes em descrever os episódios que experimentam em alguns momentos do dia.  Dessa forma, a fraqueza muscular pode ser o indício da doença. Saiba mais sobre sintomas, causas e tratamentos da miastenia.

Quando procurar um profissional da saúde?

Ao sentir fraqueza muscular, a pessoa deve observar a maneira como se manifesta.

  • A fraqueza está se tornando mais acentuada ao passar dos dias?
  • Há dificuldade em respirar?
  • Há dificuldade em levantar a cabeça ao estar deitado?
  • Há dificuldade para mastigar, falar ou engolir?
  • É possível caminhar?

Caso se identifique com algum dos tópicos acima, é indicado procurar um médico neurologista.

Por que é importante procurar o médico para avaliar a fraqueza muscular?

Porque a fraqueza muscular é um sintoma muito amplo e genérico, que pode caracterizar diversas doenças. Há também a possibilidade de uma pessoa confundir cansaço físico e mental com a fraqueza muscular, apesar de serem cenários distintos.

Dessa forma, o ideal é consultar um especialista para identificar se o quadro é de fraqueza muscular; qual a causa e para iniciar o tratamento adequado. Apenas um profissional da saúde pode realizar uma avaliação abrangente dos pacientes, com base em exames clínicos, laboratoriais e de imagem apropriados. A especialidade médica mais indicada para atender casos de fraqueza muscular é a neurologia.

Como é o diagnóstico de fraqueza muscular?

Fazem parte do processo de diagnóstico de fraqueza muscular os seguintes exames:

Exame físico – uma avaliação para confirmar a gravidade e distribuição da fraqueza muscular. Além dos músculos individuais, o médico analisa atividades funcionais como ficar em pé e escrever.

Exame neurológico – é realizado junto ao teste motor, para que o médico possa observar os padrões e determinar se os déficits são atribuídos ao sistema nervoso central ou periférico.

Exames laboratoriais e de imagem – os exames físicos e neurológicos vão determinar quais exames complementares podem ser necessários. Em um paciente cuja fraqueza muscular indica uma possível doença neurológica, é indicado realizar exames de neuroimagem. Já quando a suspeita é de doença infecciosa, devem ser feitos exames laboratoriais.

Biópsia muscular – se o diagnóstico ainda for inconclusivo, uma biópsia muscular é necessária para pacientes com suspeita de miopatia.

A fraqueza muscular tem cura?

Como a fraqueza muscular pode ser sintoma de diversas condições de saúde, a cura depende da causa e do tratamento adequado. Apenas dessa maneira é possível amenizar os sintomas e restabelecer a força muscular.

Conteúdos relacionados

Referências

Cadastre-se e conheça mais sobre a Miastenia Grave.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja nossa Política.

OK